Escola Básica do Monte Calvário requalificada

“Sou o futuro, sou a esperança, sou o melhor que há no mundo, sou uma criança”. Este é o refrão da música “Sou a escola”, interpretada pelos alunos e alunas da Escola Básica do Monte Calvário, esta segunda feira, 13 de novembro, para abrilhantar a inauguração da beneficiação e ampliação do estabelecimento de ensino, presidida pelo Presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago.

A entrada do autarca da Maia nas instalações foi, ainda, acompanhada pelos bombos do grupo “Levante ao bombo”, formado por estudantes da Escola Básica e Secundária do Levante, que também se quiseram juntar ao momento festivo.

O ato inaugural contou ainda com a presença da Vice-presidente da Câmara Municipal com o pelouro da Educação e Ciência, Emília Santos, do Presidente da Junta de Freguesia de Nogueira e Silva Escura, Ilídio Carneiro, demais elementos do executivo, do diretor do Agrupamento de Escolas do Levante, Álvaro Bastos, e do Presidente da Fapemaia, Cláudio Gonzaga.

Dirigindo-se às crianças que frequentam a escola, António Silva Tiago pediu-lhes que tirem o melhor proveito da valorização realizada, porque o futuro do país passa por elas. “O nosso país precisa muito de futuro, precisa muito de crianças competentes, responsáveis, bem-educadas, com talento, com capacidades para nos poderem governar”.

O projeto de valorização do estabelecimento de ensino, que representou um investimento na ordem dos 250 883,00 €, incluiu a construção de uma nova sala de aula, imprescindível ao funcionamento deste equipamento, que visava substituir o amovível instalado no local.

A sala foi executada sob o alpendre exterior existente, que assim foi adaptado com os devidos isolamentos térmicos, acessibilidades e todos os necessários aspetos técnicos tidos em consideração.

Paralelamente procedeu-se à construção de uma cobertura em estrutura metálica sobre o polidesportivo existente, que agora passa a ter a função de recreio coberto.

Foram ainda executados trabalhos de recuperação global do edifício existente, nomeadamente pinturas, isolamentos térmicos, instalação elétrica, redes de infraestruturas, colocação de lambrins, reparações de carpintarias, novas caixilharias, reparação de muros, execução de novos muros e substituição de vedações e substituição total da cobertura em estrutura de madeira e telha cerâmica.

Também pode interessar-lhe