A Empreza do Bolhão – 100 anos de História(s) em exposição

Foi inaugurada na passada sexta-feira, 1 de abril, às 18h30, e estará patente até março de 2023 no Museu de História e Etnologia da Terra da Maia, a exposição “A Empreza do Bolhão – 100 anos de História(s)”, que reúne grande parte do espólio documental das empresas de Caldevilla e da Empreza do Bolhão e que ilustra, de forma significativa, a evolução da indústria litográfica do séc. XX em Portugal.

No ato inaugural estiveram presentes, o Vereador da Cultura, Mário Neves e o Vereador da Juventude, Hernâni Ribeiro, e alguns antigos trabalhadores daquela emblemática empresa que fez história no domínio das Artes Gráficas.

A Empreza do Bolhão, sucessora das empresas publicitárias e de filmes de Raúl Caldevilla, começou em 1923 e manteve-se até meados dos anos 90, sendo depois integrada na Packigráfica, empresa maiata do grupo Higifarma, embora mantendo a mesma designação.

Esta empresa era possuidora de uma das maiores coleções de cartazes publicitários, além de antiga maquinaria e um importante acervo de rótulos e postais. Uma grande parte do que de melhor se fez em publicidade está reunido neste importante espólio da Empreza do Bolhão, desde os tempos de Raul de Caldevilla e que agora está patente ao público, numa exposição que exibe algum do seu melhor património.

Um património de inegável valor histórico e gráfico único no país, esta coleção da Empreza do Bolhão, da Litografia Nacional e de outras gráficas são um manancial de informação sobre design, grafismo e processos de produção. Composta por uma diversidade de cartazes, rótulos, postais, catálogos, quadros, livros, bibliografia diversa, maquinaria, móveis, bustos, esta coleção ilustra, de forma significativa, a evolução da indústria litográfica do séc. XX em Portugal.

O espólio da Empreza do Bolhão foi adquirido pelo município da Maia, na sequência da liquidação da Packigráfica, com intuito de manter a integridade do valioso património gráfico e de o manter disponível na esfera pública.

Também pode interessar-lhe